Mãe empreendedora: saiba como cuidar dos filhos e do seu negócio

Quando uma mulher passa pelo processo da maternidade, muitas transformações acontecem na vida dela. São mudanças de rotina, físicas e hormonais. Com a licença-maternidade, além do tempo para passar com o bebê, a mamãe pode encontrar um tempo para pensar em si e algumas ideias ótimas podem surgir desse autocuidado.

Não raro, surgem ideias incríveis durante a maternidade que podem mudar completamente o rumo da vida de uma mulher. O empreendedorismo é uma força que está ganhando cada vez mais espaço na vida das mulheres, inspirando o empoderamento, a independência e a realização de sonhos.

Empreender requer muito empenho e dedicação e conciliar esses aspectos com a criação de um filho pode ser um desafio. Em alguns casos, pode nem ser uma questão de escolha, mas de necessidade. Em qualquer situação, é importante contar com uma rede de apoio materno para poder dar conta de tantas responsabilidades.

Se você se identificou com esses conceitos, mamãe, continue a leitura. Vamos conversar sobre os desafios de empreender, quais os melhores nichos para você investir, como conciliar os compromissos da empresa com as responsabilidades da maternidade e muito mais. Acompanhe:

Mãe empreendedora: abrir um negócio por vocação ou necessidade?

Tomar a decisão de abrir um negócio durante a infância dos seus filhos é uma responsabilidade imensa. Os dois casos mais comuns de empreendedorismo materno são os casos de mães que optam por abrir um negócio para poder administrar melhor o seu tempo e estar mais próximas dos filhos, e as mães que, por necessidade, precisam de uma colocação no mercado sem abdicar da maternidade em tempo integral.

O empreendedorismo por necessidade é uma realidade no Brasil e pode dar muito certo. São justamente os períodos difíceis que nos incentivam a sair da zona de conforto e ir em busca da realização de objetivos maiores, não é mesmo? E não há motivação maior do que a felicidade de um filho!

Independentemente do motivo pelo qual você decidiu empreender, é importante ter em mente que os desafios serão dobrados, não só pelas demandas de se dividir entre a empresa e a maternidade, mas também para conquistar espaço em ambientes de muita concorrência e imediatismos.

Quais são os principais desafios de uma mãe empreendedora?

Sem dúvidas, o principal desafio para uma mãe empreendedora é conciliar as responsabilidades da maternidade com os compromissos da empresa. No começo, essa tarefa pode parecer até impossível, mas, com planejamento, organização, apoio e um pouco de tempo, as coisas começam a se encaixar e a rotina corrida se tornará natural, motivante e satisfatória.

mãe empreendedora atende ligação ao lado da filha

O sentido de realização é uma sensação incrível e, para uma mãe que está fazendo tudo isso por um bem maior — seus filhos —, a vontade de vencer e fazer acontecer é muito maior. Isso é um grande diferencial. Você vai precisar estudar, ler muitos livros sobre empreendedorismo, fazer cursos, colocar conceitos em prática e tomar decisões difíceis.

É preciso ter em mente que o foco não pode ser desviado e a escolha do ramo para empreender precisa fazer muito sentido e gerar uma identificação com o propósito de vida da mulher empreendedora. Se não houver um engajamento genuíno, a desistência pode vir nos primeiros desafios e levar embora os sonhos para o seu futuro e o futuro dos seus filhos.

Como se tornar uma mãe empreendedora e abrir um negócio?

Para se tornar uma mãe empreendedora de sucesso, você precisa abraçar o seu espírito empreendedor feminino e ter muita força de vontade, persistência, disciplina e coragem.

Além dos desafios comuns a todo empreendedor, você terá que lidar com um mercado competitivo e, muitas vezes, desleal pelo seu papel de mãe. Às vezes, as pessoas podem ter a impressão errada de que, por ser mãe, você não conseguirá entregar um produto ou serviço de qualidade.

Aqui surge mais um desafio para as mães empreendedoras. Mudar conceitos ultrapassados e provar que todas as mulheres têm capacidade e potencial para realizar coisas grandiosas, sejam elas mães ou não.

Quais são os melhores nichos de mercado para as mães empreendedoras?

Você pode escolher qualquer nicho de atuação para abrir o seu negócio, desde que tenha um bom nível de conhecimento na área e planeje com cuidado todos os passos para abrir e fazer a sua empresa crescer.

Como todo empreendedor, você precisará saber como abrir um CNPJ, como dar os primeiros passos no planejamento do seu negócio, como elaborar estratégias de marketing e muitos outros detalhes.

Se você já tiver um conhecimento prévio na área, pode ser mais fácil conquistar algum espaço. Outra boa oportunidade é aproveitar suas experiências maternas para trabalhar com nichos relacionados a esse tema.

As opções que o Grupo Brandili listou abaixo são apenas sugestões que podem te ajudar a gerenciar melhor o tempo e conciliar melhor todas as tarefas, compromissos e responsabilidades.

1. Marketing digital

O marketing digital é uma área que abrange diversas profissões e você pode conseguir boas oportunidades de trabalho remoto sem necessidade de cumprir jornada de trabalho. Isso, principalmente se você conseguir estabelecer um bom network com pessoas que já atuam na área.

Você pode investir em cursos online para aprender a produzir textos para trabalhar como redatora freelancer, aprender a usar programas de edição de imagens e vídeos para trabalhar com design gráfico, construção de marca e publicidade, gerenciamento de e-commerce, entre outras oportunidades.

2. Representação de produtos

A representação de produtos é outra área que permite uma jornada de trabalho versátil. Representação de cosméticos, óleos essenciais, produtos para cabelo, perfumes e itens para cozinha são algumas das opções.

vendedora de carros recebe o pagamento por mais uma venda

Se você pensa em fazer um investimento maior, como ter um negócio físico, uma boa opção são as franquias. Lojas de roupas, produtos de beleza, prestação de serviços de depilação e casas de festas estão entre as opções.

3. Consultorias

Se você já tem uma boa experiência e um currículo extenso em alguma área, prestar serviços de consultoria pode ser uma fonte muito rentável que te permitirá ter mais tempo livre para a maternidade. Quanto mais experiência você tiver, mais valorizado será o seu trabalho.

consultora realiza reunião com um cliente

Você precisa ter um comportamento empreendedor e uma boa visão estratégica de divulgação. Se você tiver bastante domínio de algum assunto e puder gravar conteúdos, pode até lançar algum infoproduto para conquistar uma renda passiva e trabalhar com mais tranquilidade.

4. Aulas online

Outra maneira interessante de fazer dinheiro com pouco investimento é dar aulas online se você tiver alguma habilidade com idiomas ou especialidades nas áreas de licenciatura e pedagogia, por exemplo.

professora dá aula online

Cursos de áreas técnicas e acompanhamento escolar também são uma maneira de empreender que se popularizou nos últimos anos, pela necessidade de passar mais tempo em casa. Atendimentos individualizados são muito valorizados e com uma boa rede de contatos não é difícil conseguir alguns alunos ou fechar uma turma.

Além de poder administrar melhor o seu tempo, você não terá preocupações com deslocamento, evitando estresse e transtornos como o trânsito, para você e seu filho.

Em casos de trabalho remoto, é muito importante que você e a criança tenham um tempo para sair e socializar, pois passar muito tempo em casa pode ser prejudicial à saúde de ambos.

5. Artesanato

O ramo de artesanato é outro que está sempre aquecido. Se você tem alguma habilidade manual, pode transformar um hobby em uma maneira de ganhar dinheiro.

artista faz artesanato em seu ateliê

Uma ideia é montar um estoque de produtos e criar um e-commerce. Você vai poder vender e divulgar seus trabalhos sem sair de casa. Com um bom planejamento é possível faturar alto neste nicho.

Combine suas habilidades com produção de conteúdo e aumente ainda mais a visibilidade da sua marca.

6. Conteúdo sobre maternidade

A criação de conteúdo é um nicho que não demanda muito investimento, e se você tem esse estilo de colocar a cara na frente da câmera e gosta de compartilhar suas experiências, pode ser uma boa opção de empreendimento. O mercado infantil tem muitas possibilidades para empreender e é garantia de bons resultados, pois o público está sempre sendo renovado e a demanda é constante.

mãe influencer grava conteúdos sobre maternidade

Compartilhar as suas experiências com a maternidade é uma boa oportunidade de unir o útil ao agradável. Apesar de ter que se dividir entre as funções de mãe e empresária, você estará inserida em um único contexto, facilitando tanto um lado quanto o outro.

7. Fotografia

Aproveitar a maternidade para expressar seus sentimentos e emoções através da fotografia é uma ótima maneira de fazer arte e ganhar dinheiro. Este é um tipo de empreendimento que demanda mais investimento, mas dentro da área você pode escolher trabalhar com diferentes nichos de atuação.

fotógrafa trabalha no estudío

Assuntos ligados à maternidade como ensaios para gestantes, baby born e mesversário são algumas opções que você pode investir e aproveitar a sua própria experiência para desenvolver maneiras criativas de prestar o serviço e entregar um produto diferenciado.

Existem muitos outros tipos de fotografia que você pode fazer sem ter que viajar ou trabalhar em horários que atrapalhem a sua rotina materna. Fotografias de roupas e outros tipos de produtos, pets, pratos de restaurantes e eventos de revelação ou aniversário infantil são outras opções para empreender.

Como eu consigo conciliar a maternidade e o empreendedorismo?

Essa é a pergunta que toda mãe com espírito empreendedor se faz. É um grande dilema ter que fazer a escolha entre cuidar dos filhos ou empreender.

Ter uma empresa demanda organização de agenda, tempo para compromissos inadiáveis, preocupações com finanças, elaboração e execução de um plano de negócios e muitos outros aspectos.

Se em algum momento você se sentir sobrecarregada e desmotivada, não desista. Os obstáculos fazem parte do caminho de todo empreendedor. Nestes momentos, procure inspiração em exemplos que deram certo, como em filmes, por exemplo.

Esse tipo de descontração pode te ajudar a lembrar os verdadeiros motivos pelos quais você fez suas escolhas e lembrá-la de que tudo vale a pena.

Quando nasce um filho, nasce uma mãe empreendedora?

Essa afirmação é muito popular entre mulheres que decidiram empreender após virarem mães e tiveram muito sucesso. É fato que quando nasce um filho, o organismo, as emoções, os sentimentos, enfim, a vida da mãe é completamente transformada. Uma força maior é despertada e muitas coisas podem acontecer. Sinta e saiba trabalhar esses impulsos de uma maneira positiva e produtiva. Você pode ter resultados incríveis.

mãe empreendedora faz reunião com a criança no colo

Agora, que tal tirar suas ótimas ideias da cabeça e partir para a ação? Comece lendo nosso conteúdo sobre as principais perguntas sobre empreendedorismo. No blog do Grupo Brandili, tem uma categoria com posts só sobre esse tema, porque nós acreditamos no seu potencial empreendedor, mamãe. Bons negócios!

5/5 - (1 vote)

Compartilhe este Conteúdo

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email

Deixe um comentário