7 dicas para comprar roupas infantis no atacado

Saber como comprar roupas infantis no atacado para revender é um fator importante na estruturação do negócio. Afinal, nem todas as pessoas querem ou podem ter produção própria. Por esse motivo, pode ser muito mais lucrativo vender peças confeccionadas por outros fabricantes.

Em especial, revender roupas infantis de marcas que já têm tradição no mercado pode ajudar a consolidar seu negócio, pois parte da “autoridade” do fabricante é transferida para você. Além disso, a chance de fidelização da clientela será muito maior, visto que eles perceberão a qualidade nas peças que você vende.

Preparamos 7 dicas para te ajudar a comprar roupas infantis no atacado para revender. Já compartilhe este post com o seu sócio e acompanhe a leitura!

7 dicas para comprar roupas infantis no atacado

1. Entenda o giro do seu estoque

Em outro post, já explicamos como comprar roupas infantis para revender. Contudo, a estratégia deve ser um pouco diferente quando o assunto é comprar seus produtos no atacado.

Nesse caso, a quantidade de mercadorias disponíveis em estoque será muito maior. Isso deve ser considerado na hora de adquirir seus produtos, afinal, ninguém quer ficar com o estoque parado, não é mesmo?

Nesse caso, entenda o seu público e como o seu estoque gira. Em algumas situações, pode parecer vantajoso financeiramente comprar peças à preço de atacado, porém a demora para vendê-las pode gerar prejuízos a você e à sua loja. Antes de mais nada, portanto, entenda como o seu estoque gira.

2. Aposte na variedade

Ter peças de diferentes tamanhos, modelos e para várias ocasiões é importante para a sua loja. Isso garante que os seus clientes poderão recorrer ao seu estabelecimento sempre que precisar. Então, na hora de comprar roupas no atacado, lembre-se de ter uma boa variedade de peças.

Essa situação caracteriza um grande diferencial competitivo do seu empreendimento. Além disso, vai ajudar em pontos importantes para toda loja: girar o estoque e fidelizar a clientela.

2. Aposte na variedade

3. Escolha bem os fornecedores

Ter bons fornecedores é fundamental. Além da relação de confiança criada entre vocês, a qualidade dos produtos vai impactar diretamente na satisfação dos seus clientes. Por exemplo, comprar roupas infantis da Brandili no atacado para revender é uma boa oportunidade para isso.

Por aqui, nós temos diversas vantagens para você, lojista, que quer trabalhar com uma marca que veste crianças de todas as idades há mais de 50 anos. Ao trabalhar conosco, você tem a comodidade de comprar online ou por telefone, sem precisar viajar durante a madrugada para comprar suas peças. Falaremos de mais vantagens daqui a pouco, então, continue a leitura!

Além disso, ainda, oferecemos peças com os melhores tecidos para vestidos, calças e outras roupas infantis.

4. Calcule o lucro corretamente

Comprar no atacado significa uma coisa: ter um custo inicial mais baixo. Isso significa que a margem de lucro será muito maior, correto?

Nem sempre.

Essa é uma opção para quem quer ter mais rendimentos com a loja. Isso pode deixar seus preços pouco competitivos e menos atraentes para os clientes. Por outro lado, vender com um lucro muito baixo pode causar prejuízos à loja e deixar o seu estabelecimento financeiramente inviável.

Para entender qual deve ser o valor final das peças, você deve considerar vários pontos. Para entender mais, veja nosso post e aprenda como calcular porcentagem de lucro de uma vez por todas!

5. Estabeleça metas realistas

Este é um dos pontos que mais muitas pessoas acabam pecando. Quando falamos em metas realistas, nos referimos a dois pontos principais: ter o “pé no chão” e estabelecer exatamente o que se espera do seu negócio.

Para isso, tenha um bom plano de negócios para sua loja de roupas e trace metas a curto, médio e longo prazo.

Por exemplo, muitas pessoas podem pensar que o objetivo do negócio é vender mais. Contudo, essa meta não é realista e é muito vaga. Afinal, quanto é vender mais? Em quanto tempo se espera fazer isso? Consegue perceber como esse ponto nunca vai ser atingido porque não é realista? Veja como isso pode ser feito de uma maneira mais assertiva:

  • Curto prazo: vender 10% a mais do que o mesmo período no ano anterior;
  • Médio prazo: reduzir o estoque parado em 50%;
  • Longo prazo: aumentar o valor médio por compra (ticket médio) em 35% em um ano.

6. Tenha contato direto com o distribuidor

Conhecer o seu distribuidor traz várias vantagens para você e para o seu negócio. Afinal, comprar sem saber a procedência dos produtos abre espaço para muitas dores de cabeça em um futuro breve. Por exemplo, qualidade variável das peças, falta de controle de qualidade etc.

Por esse motivo, veja como vender Brandili na sua loja! Nessa modalidade, você terá vantagens como:

  • Suporte online e por telefone;
  • Atendimento exclusivo com representante especializado;
  • Campanhas, materiais e suporte para suas mídias sociais;
  • Compras online e por telefone;
  • E mais!

Tudo isso vai estreitar a nossa relação. Incrível, não é mesmo?

6. Tenha contato direto com o distribuidor

7. Pense estrategicamente

O pensamento estratégico é extremamente importante para todo lojista. Ele é um dos atributos básicos de todo empreendedor. Planejar bem quais serão os próximos passos da sua loja vai te deixar sempre um passo à frente do que está acontecendo no mercado e com os seus concorrentes.

Por esse motivo, tire um tempo para traçar as próximas estratégias da sua marca.

Um ótimo exemplo de como fazer isso é o planejamento de datas sazonais. Muitos empreendedores deixam para pensar no natal ou dia das crianças apenas em cima da hora.

Contudo, o planejamento para essas datas — que aquecem o nicho de roupa infantil — deve ser feito com muitos meses de antecedência. Assim, você pode comprar decoração, produtos específicos, planejar promoções etc.

O primeiro passo para comprar roupas infantis no atacado para revender, portanto, é conhecer seu giro de estoque. Além disso, deve-se escolher bons fornecedores, que permitam uma relação que vai muito além do comércio de peças para a venda. Por fim, traçar metas realistas para o negócio vai ajudá-lo a crescer.

Por falar em crescimento, outra maneira de fazer isso — e ter ainda mais vantagens — é transformar seu estabelecimento em uma loja licenciada, que é muito menos engessada que uma franquia. Para saber mais, veja como transformar sua loja em uma revenda exclusiva Brandili!

Até a próxima!

Avalie este post

Compartilhe este Conteúdo

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email

Deixe um comentário