Empreendedorismo: o que é, tipos e tudo sobre

Guia simplificado sobre empreendedorismo

De acordo com o Ministério da Economia, 4.026.776 empresas foram abertas em 2021 – um recorde histórico.

Apesar de todas as dificuldades desse período, diversas pessoas encontraram uma solução no empreendedorismo, um fato comprovado pelo saldo positivo de 2.615.906 empresas abertas em 2021. Ou seja, a modalidade de carreira que é empreender oferece uma solução muito valiosa em tempos difíceis.

Com isso à vista, nós, do Blog Amor Por Empreender, preparamos este Guia Completo Para Empreendedores, em que vamos te familiarizar com todos os conceitos desse universo.

Aqui, você vai aprender o que é empreendedorismo, qual a história do termo, qual o perfil ideal para empreender, quais os tipos e ainda terá acesso a algumas das principais frases motivacionais sobre o tema, para te auxiliar em sua jornada.

Acompanhe a leitura!

O que é empreendedorismo?

Empreendedorismo é toda ação que é investida para identificar problemas e encontrar soluções por meio de recursos e competências. É identificar oportunidades de novos negócios.

É um conceito amplo que pode ser definido de muitas formas, mas vemos que a visão popular é que empreender é somente fundar negócios que sejam capazes de gerar mudanças e impactos positivos.

E essa visão não está equivocada! De modo geral, essa é a principal consequência de um empreendimento. O ponto que não pode ser deixado de lado nessa definição é que empreender também exige um planejamento cuidadoso, esforços contínuos, vontade (e abertura) para aprender e diversos outros fatores.

Ou seja, o ponto de partida do empreendedorismo começa bem antes de se ter um negócio. No entanto, não podemos deixar de lado o brilho dessa aventura. Afinal, quem tem um objetivo claro e está preparado para alcançá-lo sabe de todos os pormenores – não tão glamourosos e fáceis – que a sua conquista trará.

Existe uma frase famosa que possui duas versões, elas descrevem bem o ato de empreender:

• “Quanto maior o sonho, maior deve ser o comprometimento”

e

• “Quanto maior o sonho, maior a disposição para enfrentar obstáculos”

Elas dizem, basicamente, que empreender é saber todas as exigências e riscos que o seu sonho trará. O que diferencia pessoas que empreendem das demais é que elas estão dispostas a dar o máximo de si em todas as etapas para fazer acontecer.

Empreendedoras e empreendedores estão constantemente questionando a realidade e realizando evoluções todos os dias. É daí que vem a mentalidade motivacional que está tão associada com o empreendedorismo! Esse conceito está diretamente relacionado com a solução de problemas, a superação de dificuldades e o desenvolvimento interno e externo.

Qual é a história do empreendedorismo?

Já ouviu dizer que é preciso conhecer o passado para compreender o presente e modificar o futuro? Bom, neste tópico vamos cumprir a primeira etapa. A palavra “empreendedorismo” vem de um termo originado em 1725, “entrepreneur“, que pode ser traduzido para ‘aquele que assume riscos e começa algo novo‘.

É difícil saber qual foi o primeiro ato de empreendedorismo do mundo, já que a sua definição varia tanto. Será que foi quando os nossos antepassados passaram a reconhecer o fogo como uma ferramenta? Considerando que essa foi uma percepção inédita que moldou o percurso da humanidade, talvez possa ter sido.

Ou será que precisamos pensar em inovações modernas, como a Primeira Revolução Industrial, que aconteceu da Grã Bretanha no século 17? Ela moldou o sistema econômico da época, então tem grandes chances de levar o posto de primeiro empreendimento do mundo.

Contudo, como a palavra “empreendedorismo” sequer fazia parte língua portuguesa oficial há poucos anos, existem pessoas que preferem definir o ato de empreender como mudanças atuais – e, consequentemente, menores -, mas que têm impactos bem definidos, como a invenção de um produto ou a criação de um negócio.

Enfim, essa discussão pode levar muito tempo. A partir das nossas hipóteses, quem você julgaria como o primeiro empreendedor da história? Conte para nós nos comentários!

A história do empreendedorismo é vasta e pode ser interpretada de diversas formas, mas o que podemos tirar do passado é que muitas pessoas têm a capacidade de inovar e pensar em ideias vanguardistas, mas são os empreendedores que de fato o farão e moldarão uma mudança palpável em seu cenário.

Qual é o perfil dos empreendedores?

O empreendedorismo existe em diversas esferas. Ele pode ser visto em uma reforma doméstica que otimiza o espaço, em um projeto social que ajuda pessoas em situação de rua, em um plano de ação que gera mais lucro a uma empresa ou até mesmo na sua própria vida, quando você toma um novo rumo definitivo.

O que existe em comum em todos esses locais e situações é um conjunto de características, mais conhecidas como o perfil empreendedor.

É claro que nem todas as pessoas que empreendem vão ter essas qualificações, mas elas são um bom ponto de partida para definir o comportamento ideal para conquistar os seus objetivos. Veja a lista:

  • Autoconfiança: não basta que as suas capacidades e opiniões estejam certas internamente, você precisa transmiti-las com segurança às pessoas que podem te ajudar a empreender;
  • Coragem: é essencial para dar o primeiro passo e seguir assumindo riscos calculados durante a sua jornada;
  • Desejo de protagonismo: sair das sombras e tomar as rédeas das suas decisões é um dos primeiros passos para empreender;
  • Otimismo: as adversidades são inevitáveis, então, empreendedores precisam manter o pensamento positivo do começo ao fim;
  • Resiliência e perseverança: empreendedores não se curvam frente às dificuldades e não desistem facilmente!

Em nosso blog, temos um post que explica com mais detalhes todas as habilidades e características que um empreendedor deve ter, clique aqui e confira.

Quais são os tipos de empreendedorismo?

Empreendedorismos podem ser conduzidos por pessoas diversas, nascer em ambientes variados e acontecer de muitas formas. Entre os principais tipos existentes na atualidade, podemos citar:

1. Empreendedorismo de negócios: é o mais generalista e famoso de todos. Aqui, encaixa-se a criação de empresas visionárias, a revenda de marcas ou produtos, entre outros. Por falar em revenda, que tal conhecer o Empreenda com a Brandili?

2. Empreendedorismo por necessidade: o principal motivo para o seu desenvolvimento é uma crise/dificuldade financeira ou pessoal;

3. Empreendedorismo digital: diz respeito aos produtos e serviços que existem na internet, seja um e-commerce, um criador de conteúdo para redes sociais, um marketplace, etc.;

4. Empreendedorismo feminino: é conduzido por mulheres, claro. É tão importante para a sociedade e para a democratização do mercado de trabalho que a ONU estabeleceu a data 19 de novembro como o Dia do Empreendedorismo Feminino;

5. Empreendedorismo individual: através do MEI (Microempreendedor Individual), é possível criar, liderar e manter negócios por conta própria – o que traz as suas limitações, mas é um bom ponto de partida para quem tem orçamentos menores;

6. Empreendedorismo social: visa contribuir para a sociedade em níveis macro ou micro. Pode ser um setor de uma empresa, mas, geralmente, envolve a fundação de organizações sem fins lucrativos;

7. Empreendedorismo verde: motivado pela preservação ambiental, é adotado por empresas que valorizam a sustentabilidade. Esse é um bom diferencial competitivo!

Como começar a empreender?

Quando se faz essa pergunta, a resposta mais comum é “dando o primeiro passo”. Não estamos aqui para discordar dela, pois é fato que a única forma de chegar a um lugar é dando os passos necessários.

Na verdade, o nosso objetivo é dar sentido a essas palavras por meio de dicas de como iniciar um empreendimento:

  1. Qual é o seu objetivo? Tenha uma ideia bem definida da onde quer chegar;
  2. Quem você quer atingir? Conheça o mercado, a persona e a demanda;
  3. Como será a empresa, projeto ou iniciativa? Formalize e legalize a sua fundação;
  4. Qual é o seu diferencial? Estabeleça motivos que te garantem uma vantagem competitiva;
  5. Como você vai conduzir o seu negócio? Garanta um plano e um bom estudo de mercado;
  6. Como você pode desenvolver a sua expertise no ramo? Busque especializações;
  7. Como vai tornar o seu empreendimento conhecido? Aposte nas redes sociais;
  8. Você está pronto para aguardar o aparecimento de resultados? Tenha paciência!

Exemplos de frases de empreendedorismo

Para finalizar este artigo, gostaríamos de listar algumas frases que são muito valiosas para empreendedores. Elas podem trazer aquele insight que estava faltando, um propósito para acordar todos os dias e entregar o seu melhor, um motivo para se desfazer dos seus medos e se arriscar, outro fator decisivo para a sua jornada.

• “Não tenha medo do fracasso. Tenha medo de não tentar.”, por Roy T. Bennett

• “A única maneira de fazer um excelente trabalho é amar o que você faz.”, por Steve Jobs

• “Ter sucesso significa enfrentar um fracasso atrás de outro sem perder o entusiasmo.”, por Winston Churchill

• “A habilidade pode te levar ao topo. Mas é necessário caráter para se manter lá.”, por Stevie Wonder

• “Eu nunca falhei. Eu apenas encontrei 10 mil maneiras que não funcionam.”, por Thomas Edison

• “Todo progresso acontece fora da zona de conforto.”, por Michael John Bobak

• “Coragem significa estar disposto a arriscar tudo.”, por Sanford Meisner

• “A melhor época para plantar uma árvore foi há 20 anos. A segunda melhor é agora.”, Provérbio Chinês

• “Nada é menos produtivo do que tornar eficiente algo que nem deveria ser feito.”, por Peter Drucker

• “Fique contente em agir. Deixe a fala para os outros.”, por Baltasar Gracián

• “Pessoas calmas e confiantes sempre são excelentes líderes.”, por Fred Wilson

• “A maneira mais rápida de mudar é conviver com as pessoas que mais inspiram você.”, por Reid Hoffman

• “Aqueles últimos 10% de esforço demandam a mesma energia dos primeiros 90%.”, por Rob Kalin

• “Um dia sem nenhuma melhoria para a sua loja é um dia desperdiçado.”, por Joel Spolsky

• “É melhor falhar na originalidade do que ter sucesso na imitação.”, por Herman Melville

Chegamos ao fim de mais um artigo! Seguindo uma das principais características que definem o comportamento empreendedor – que é a abertura para receber feedbacks – pedimos que você deixe a sua opinião sobre este post nos comentários abaixo! Isso é essencial para a constante otimização do nosso blog.

Para seguir os seus aprendizados, confira outros conteúdos já postados por aqui que podem te ajudar no gerenciamento do seu negócio! Seguem algumas sugestões:

– Vendas pelo WhatsApp: 8 dicas para divulgar produtos

– Reserva de emergência: o que é e como calcular

– DFC (ou Demonstrativo de Fluxo de Caixa): entenda e aplique

Compartilhe este Conteúdo

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email

Deixe um comentário