Mercado infantil: porque investir e dicas para destacar

O mercado infantil é dinâmico, com alta demanda e vendas constantes. De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, as crianças crescem 12,5cm ao ano, em média, até os 3 anos. Isso promove a grande rotatividade do guarda-roupa infantil e uma oportunidade de crescimento nas vendas na da sua loja de roupas.

Nós temos mais de 50 anos de atuação e sabemos como o mercado funciona. Aprenda com a gente sobre as vantagens do nicho infantil e como se destacar no meio.

Vantagens de investir no mercado infantil

O mercado infantil consiste nos produtos destinados aos bebês, crianças, infanto-juvenis e jovens. É composto por roupas, sapatos, produtos de higiene, jogos, móveis, livros, brinquedos, entre outros. É um público que permite diferentes atuações e vertentes de investimento. Porém, há 3 características que todas tem em comum, que apresentamos a seguir:

É dinâmico

O nicho infantil é dinâmico porque se atualiza a cada dia. A moda e o entretenimento andam lado a lado e funciona assim: o entretenimento gera desejo e o mercado infantil supre. Por exemplo, há coleções novas a cada filme de super herói.

As crianças procuram camisetas do Hulk, Homem-Aranha ou Pantera Negra. O mesmo acontece com as princesas. O impacto que as princesas Elsa e Ana do filme Frozen trouxeram para a moda foi gigantesco.

Isso é válido para todos os entretenimentos infantis, para exemplificar: Turma da Mônica, Patrulha Canina e Miraculous: As Aventuras de Ladybug. Por isso, você precisa estar antenada no que acontece no mundo infantil para estar preparada para as demandas e falar a linguagem deles.

Tem alta demanda

A Abrinq, Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos, traçou um panorama do público no país em 2021 e concluiu que 33% da população é criança ou adolescente, há aproximadamente 69,8 milhões de brasileiros entre 0 e 19 anos. Essa pesquisa realizada pelo órgão faz parte da primeira publicação sobre o Cenário da Infância e Adolescência no Brasil em 2021.

Segundo estudos do Sebrae, o mercado infantil movimenta R$16 bilhões ao ano e as previsões para o cenário são positivas, afinal de contas, a natalidade média no Brasil gira em torno de 2,7 milhões por ano.

Concluindo, a demanda do público infantil é alta. Tanto em números de potenciais clientes quanto em quantidade. Uma criança possui diversos looks no guarda-roupa e uma infinidade de brinquedos, não é?

As vendas são constantes

Pense na quantidade de roupas que um recém-nascido usa até a festinha de primeiro ano – são muitas! A criança cresce e perde trocas inteiras de roupas em questão de semanas, por isso, as vendas são constantes.

Aliás, os clientes vão além dos pais. Há avós, tias, sobrinhas e amigas que compram presentes para chá de bebê e todo mundo pega amor depois que nasce, por consequência, compram roupa, sapato ou brinquedo apenas para ver a felicidade da criança.

4 dicas para se destacar no mercado infantil

A concorrência é proporcional a demanda e o potencial de vendas, todo empreendedor sabe que esse mercado é ótimo para investimento. Mas nós iremos contar como se destacar nesse meio, confira:

1. Humanize a marca

As vendas para o público infantil são certeiras, desde que sejam humanizadas. Isso envolve inclusão social, empatia, amor e carinho, ou seja, tudo que uma criança inocente apresenta, ou seja, valores que fazem parte do universo infantil. Ter essas características como parte da sua marca é essencial para a chamar atenção.

Faça campanhas na internet ou propriamente na loja em datas comemorativas (Dia do Negro, Dia do Índio, Dia da Síndrome de Down, Dia das Crianças, etc.). Seja uma marca que demonstre amor pelas crianças, independente da etnia, nível de instrução e dinheiro dos pais. Fale a linguagem do carinho!

2. Aposte em visuais combinando com pais

Produções mãe-filha e pai-filho são tendência e prometem continuar por um longo tempo. Tanto que, diversas empresascomeçaram sua atuação na moda adulta e com o tempo lançaram coleções infantis.

É o caso da Reserva, uma marca inicialmente masculina para adultos que percebeu o desejo dos pais de vestirem os filhos como eles. Logo, criou uma seção infantil, que agora tem influência para direcionar a principal.

3. Estrutura lúdica

Ter uma loja de roupas minimalista não chama a atenção dos pais e pequenos. É preciso investir em um ambiente lúdico. Para isso, opte por móveis coloridos, decoração temáticas e, se possível, até com espaço kids para eles brincarem enquanto as mães escolhem as roupas.

A loja inteira pode ser de um tema (Safari, Fundo do Mar, Espaço Sideral) ou ter diversos ambientes espalhados pela loja, como um mix das diferentes vertentes do universo infantil. Por exemplo, cada provador conta com um tema: quarto de castelo, casa na floresta ou dentro de uma nave espacial.

4. Invista em influenciadores

Os influenciadores digitais tem potencial de bombar as vendas de marcas infantis. Quem nunca ouviu falar dos Irmãos Netos? É uma estratégia de marketing eficaz para atingir pais e crianças que ainda desconhecem sua loja.

Além do mais, os internautas confiam nos influenciadores, pois eles criticam os produtos, não é apenas uma propaganda enganosa. É uma forma de mostrar a opinião de consumidores reais – quem comprou gostou, usou e recomenda.

Se interessou ainda mais pelo mercado infantil? Nós sabemos como é esse sentimento, mas, acima de tudo isso, ver como as crianças evoluem ao longos anos é algo que nos motiva a continuar.

Agora, veja como aplicar 3 vantagens competitivas em sua empresa com estratégias que realmente funcionam.

Nos vemos no próximo post!

Compartilhe este Conteúdo

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email

Deixe um comentário