Vantagem competitiva: conheça 3 tipos e como aplicar na empresa

Segundo Michael Porter, vantagem competitiva é uma característica que uma empresa possui que a diferencia das demais, sendo um fator que influencia a tomada de decisão do cliente. Conhecendo essa importância, nós vamos ajudar a identificar qual o diferencial da sua loja, continue lendo e conheça 3 tipos de vantagem competitiva.

3 tipos de vantagem competitiva

Muitas pessoas pensam que vender pela internet é um diferencial, porém esta forma já é pré-requisito nos dias atuais. Por isso, essa característica precisa proporcionar ao cliente as três exigências a seguir: ser insubstituívelrentável benéfico. Com isso em mente, conheça as três principais vantagens que a empresa pode ter.

1. Baixo custo

O baixo custo é a vantagem de pagar menos em todos os processos, mas vendendo no mesmo preço que o concorrente. Exemplificando: imagine que temos duas lojas de roupas infantis, onde uma paga aluguel e outra possui prédio próprio. Ambas vendem os mesmos produtos, porém a que não paga aluguel tem lucros maiores em todos os produtos.

Este é um exemplo clássico que mostra que é possível conquistar uma vantagem competitiva em um detalhe. Mas os custos envolvem muitos outros itens como matéria-prima, fornecedores, instalações, funcionários, etc. Por isso, é preciso analisar com minuciosidade onde é possível reduzir os custos.

Afinal de contas, ter baixo custo de produção abre oportunidades de investimentos e melhor divisão da verba entre os departamentos, como dinheiro para o marketing, realizar campanhas externas (brindes e campanhas) ou endomarketing (benefícios, reconhecimentos, etc.).

Basta analisar qual dos fatores é possível reduzir e tornar o baixo custo uma vantagem competitiva. Um conceito que vai ajudar nesse processo é o markup, afinal de contas, é uma estratégia que auxilia nas análises financeiras, desde os custos à precificação final.

Para esclarecer ainda sobre essa vantagem, nós listamos dois benefícios de ter baixo custo, leia a seguir:

Girar estoque com promoções

Além disso, ter essa vantagem confere maior liberdade para “queimas de estoque” e promoções sazonais. Dessa forma, é possível vender produtos com preços mais acessíveis e limpar coleções passadas, mas com uma porcentagem de lucro sobre cada item. Para te ajudar nisso, leia como calcular o giro de estoque e veja como realizar isso de forma descomplicada.

Lucro maior

Obviamente, com custos mais baixos é possível aumentar a margem de lucro – que empreendedor não deseja isso, não ? O lucro permite que a empresa estabilize no mercado e tenha forças para aproveitar outras oportunidades,em outras palavras, diminui o risco de abordar outras estratégias. Sabendo disso, investir nessa vantagem competitiva é algo a se pensar.

2. Diferenciação do produto

O desejo de muitos empreendedores é ter um produto diferente dos demais e, como nós sabemos, o brasileiro é muito criativo para isso.

No ramo da alimentação essa vantagem é muito forte. Por exemplo, existe uma empresa de churros e outra de sorvete, e uma empreendedora uniu os dois alimentos e vende sorvete com casquinha de churros – interessante, não é? Esse diferencial pode ser aplicado em todas as áreas de atuação, sejam elas alimentícias, tecnológicas ou de serviços.

Vamos tomar como exemplo o ramo de roupas, já que uma marca se diferencia das outras por modelagem moderna, tecidos de qualidade e estampas únicas. Todos são fatores que influenciam a decisão de compra do consumidor, afinal de contas, a roupa não é uma necessidade como arroz e feijão, por isso é preciso despertar o desejo no público através dessas diferenciações.

Veja a seguir duas formas de tornar essa vantagem competitiva real:

Invista em design thinking

O design thinking é uma estratégia para desenvolver serviços e produtos voltados para suprir uma limitação ou dificuldade do público. Dessa maneira, auxilia a converter uma problema em produto rentável e, consequentemente, gerar valor à empresa e torná-la diferente das demais.

Supere as expectativas

Nosso segundo conselho é entregar mais que o consumidor busca, uma vez que é obrigação entregar o mínimo, porém se o produto superar as expectativas é bem provável que ficará marcado como uma experiência positiva no consumidor e ele voltará a comprar em sua empresa.

3. Atendimento

A última vantagem competitiva, segundo Porter, é o atendimento. Essa característica tem relação total com a experiência do usuário porque um bom atendimento aumenta as chances do cliente comprar novamente e de comentar sobre o produto com os demais.

A título informativo, 60% dos consumidores já relataram às pesquisas que desistem da compra por mau atendimento, por isso que grandes marcas prezam pelo bom atendimento ao cliente. Atender bem cria uma vantagem enorme sobre os concorrentes sendo um atributo ótimo para investir.

Sabendo disso, nós trouxemos algumas dicas de treinamentos de equipes para tornar essa vantagem alcançável, dê uma olhada:

Fomente a proatividade em sua equipe

Ser proativo com o cliente é não esperar que ele venha até você, mas sim, oferecer antes. Essa atitude tem como inspiração uma célebre frase de Steve Jobs que, aliás, é muito popular no marketing: “o cliente não sabe o que quer até que você mostre“. Portanto, ensine os colaboradores ou invista em treinamento para que eles abordem o cliente previamente, mostrando a importância de ter o item no dia a dia e, assim, despertar o desejo de comprar seu produto.

Tenha um time de comunicação

Ter um time de suporte para atendimento ao cliente garante que a resposta aconteça mais rápido. Nesse caso, responda o mais rápido que puder, seja pelas redes sociais (whatsapp, instagram, facebook), marketplace (mercadolivre, OLX, B2W, Amazon) ou comentários em produtos do próprio site ou do Google. É fundamental não ignorar o cliente, principalmente quando são críticas ou reclamações.

Invista em treinamento de vendas

Para deixar o cliente à vontade é preciso atender da maneira que ele deseja, claro, sem deixar a identidade da sua loja de lado. Em suma, queremos dizer para adequar a maneira de atender ao jeito do cliente, por isso é importante investir em treinamento de vendas.

Dificilmente uma pessoa tímida e recatada gostará de ser atendida da mesma forma que um extrovertido e conversador. Portanto, ensine todos os colaboradores da empresa a agirem como o cliente gosta de ser tratado– é uma estratégia excelente para finalizar a compra com sucesso, realizar o pós-venda com clareza e, se necessário, cobrar sem provocar constrangimentos.

Esperamos que essas informações tenham te ajudado a identificar ou criar sua vantagem competitiva. Continue com a gente e aprofunde no assunto lendo sobre o que é, benefícios e como fazer a análise de mercado.

Nos vemos no próximo post!

Compartilhe este Conteúdo

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email

Deixe um comentário