Sazonalidade: como lidar com esse fator em sua loja?

A sazonalidade tem um impacto inquestionável em micro e pequenos empreendimentos e deve ser levada em conta ao planejar a montagem da sua loja de roupas. A liquidez/volatilidade do mercado e das tendências podem facilmente prejudicar o faturamento do seu negócio, gerando prejuízos e, em casos extremos, a própria falência da empresa.

No entanto, é possível contornar os problemas e trabalhar lado a lado com os efeitos da sazonalidade, impulsionando o seu negócio a níveis muito bem sucedidos. Para finalmente dominar a fluidez que vem de vários aspectos (estações, temporadas, crises, etc.) e controlar o impacto da sazonalidade, continue a leitura deste post preparado pelos especialistas em gestão empresarial do Grupo Brandili!

O que é sazonalidade?

No mundo de negócios, a sazonalidade é todo fator externo queafeta diretamente os resultados de uma empresa. Ela está relacionada com eventos ou tempos periódicos e, como o seu impacto é capaz de fazer as vendas subirem ou caírem, é necessário monitorá-la com atenção por meio de uma visão sistêmica.

Esse é um aspecto muito importante da sazonalidade: ela pode ser produtiva ou destrutiva. Para exemplificar, pense nas datas comemorativas e em como elas alteram o ritmo de compras de diversos tipos de comércio para o melhor: o dia dos pais, das mães, das crianças e similares elevam a quantidade de clientes a um patamar que não acontece nos dias tradicionais, então oferecem grandes chances de lucro.

Já no caso da sazonalidade destrutiva, o principal exemplo sofrido pelas lojas de roupas é o feriado prolongado, em que os clientes vão viajar e acabam diminuindo o consumo em estabelecimentos localizados grandes centros e aumentando o consumo com cidades litorâneas.

Em ambos os casos, agir estrategicamente é essencial: no primeiro, um bom planejamento garante que as oportunidades proporcionadas pelos tempos comemorativos sejam aproveitadas ao máximo, enquanto no segundo caso as estratégias podem reduzir consideravelmente o impacto negativo da sazonalidade e garantir a integridade do seu faturamento ou dos acessos do site, no caso dos varejos de moda no meio digital.

Quais são os tipos de sazonalidade?

Antes de se dividir em negativa e positiva, a sazonalidade é separada em alguns tipos com base na frequência de seus eventos. Para se preparar para o seu impacto (independente de qual ele seja) conheça-os a seguir por meio de exemplos e otimize a sua análise de mercado durante o ano todo:

  • Sazonalidade diária: ao meio dia, os restaurantes localizados em áreas empresariais estão cheios, mas por volta das 14:00 estarão praticamente vazios;
  • Sazonalidade semanal: sexta e sábado são dias muito mais prováveis para o aparecimento de clientes em cinemas que às terças-feiras;
  • Sazonalidade mensal: com o recebimento do salário na primeira semana do mês, os supermercados e lojas de varejo recebem muito mais clientes que nos dias 20 a 30;
  • Sazonalidade anual: apenas de menos frequentes, as variações de fluxo de clientela anuais costumam durar mais e estão relacionadas com datas comemorativas;

Conhecendo os tipos de sazonalidade, você deve refletir sobre quais afetam o seu negócio. No caso de lojas de varejo de moda, os fatores que mais afetam são o anual, o mensal e o semanal (em ordem decrescente de impacto). Aprenda a lidar com eles em suas formas benéficas e maléficas nos tópicos seguintes!

Como aproveitar a sazonalidade positiva?

Aproveitar a sazonalidade positiva depende principalmente de um fator: a preparação antecipada. Como as variações sazonais que impactam o setor de vestuário são pouco incertas, é muito fácil criar um calendário com as diferentes demandas do ano logo em janeiro, o que evita gastos imprevistos e perigosos.

Veja bem: todos sabemos as temáticas e os estilos de roupas que serão procurados em outubro, por exemplo, então é possível já começar a desenvolver, selecionar ou encomendar os modelos inspirados no Halloween de antemão, a título de exemplo. Afinal, de nada adianta conhecer a teoria do impacto da sazonalidade e não conseguir obter os materiais necessários para colocá-la em prática, não é mesmo?

Aqui, um fator decisivo é o contato de bons fornecedores: são esses os profissionais que vão garantir que o seu estoque esteja devidamente abastecido e pronto para atender a demanda gerada pela sazonalidade, garantindo que o momento efêmero será aproveitado corretamente.

Mas não é apenas o planejamento a longo prazo que define o aproveitamento da sazonalidade positiva, visto que fatores como as mudanças na decoração e na quantidade de funcionários devem ser atendidas somente enquanto o evento acontece mesmo. Ou seja, preveja quais serão as ocasiões sazonais que afetarão a sua loja e prepare os recursos necessários para atendê-las de acordo com o seu tempo de execução!

Como evitar a sazonalidade negativa?

Por mais que a sazonalidade negativa possa causar até a falência de uma empresa, contornar seus efeitos não é uma tarefa extremamente difícil na maioria dos casos. As formas mais comuns de lidar com ela são a inserção de preços promocionais e a reinvenção dos produtos.

Assim, não existirá uma barreira que separa os clientes do seu produto, e sim uma ponte para fazê-los conhecer o seu estabelecimento. Por exemplo, no inverno, é preciso ter à disposição em loja de roupas diversas opções de peças quentinhas, mas antes mesmo da virada da estação você já pode começar a anunciar a coleção seguinte de primavera.

Dessa forma, você demonstra que o seu estoque é atualizado e coerente com as necessidades pontuais dos seus clientes, fazendo com que, independente da época, eles saibam que podem contar com os seus produtos.

E então, gostou das nossas reflexões sobre a sazonalidade e seus impactos? Para continuar os seus estudos sobre gestão empresarial, descubra também como fazer o controle de vendas de um negócio, administre os seus gastos e faturamentos com mais eficiência!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário