Vitrine festa junina: 6 dicas para decorar a sua loja

Saiba como criar uma decoração de festa junina para a vitrine da sua loja!

Olha as festas juninas aí! É verdade, depois de dois anos sem as comemorações de São João, esta importante data para o comércio brasileiro está prestes a voltar com tudo!

Apesar de oferecem grande oportunidade de lucro para diversos ramos, é muito importante que os lojistas saibam como usar estratégias para atrair os consumidores e aproveitar o clima da festa.

Uma ótima forma de fazer isso é conquistando o cliente pelos seus olhos e ouvidos. Nesse sentido, escolher uma boa decoração junina para sua vitrine é essencial.

Neste post, você vai conferir seis dicas que vão fazer as pessoas se sentirem no melhor “arraiá” da cidade em sua loja. Confira!

1. Decore a vitrine de festa junina com foco no seu público-alvo

A decoração de festa junina da sua vitrine precisa estar impecável, mas, mais importante do que isso, é que ela seja convidativa para o seu público-alvo.

Não está familiarizado(a) com o termo? O público-alvo é, basicamente, o grupo determinado de pessoas que está mais disposto a comprar o que você vende. Por exemplo: em uma revendedora de carros, esse grupo será composto, principalmente, de homens com idade entre 20 a 50 anos.

Trazendo essa ideia para o varejo de moda infantil, devemos lembrar que a festa junina é das crianças. Os pais também precisam gostar da vitrine, claro, mas são os pequenos que vão se encantar pela decoração e pedir para entrar na loja.

Para decorar conforme a tradição junina, não podem faltar:

  • Bandeirolas;
  • Correntes de papel;
  • Fogueira;
  • Laços e fitas;
  • Balões juninos;
  • Flores;
  • Chapéus de palha;
  • Estampa xadrez;
  • Feno e palha espalhados pelo chão.

Se possível, convide a criançada para interagir com os objetos e promova brincadeiras com cavalinhos de brinquedo e pescaria.

Além disso, é claro que não podem faltar as comidas típicas, não é mesmo? Então, utilizar elementos da culinária típica dessa época vai tornar a sua decoração muito mais interessante! Aposte no milho cozido, paçoca, amendoim, pipoca, quentão para os pais, bolo de milho etc.

No entanto, recomendamos que você estude, junto com o responsável pelo financeiro da loja, o que realmente é possível oferecer aos clientes. Tanto de forma logística quanto de custos, ok?

Veja também – Empreendedorismo: o que é, tipos e tudo sobre

2. Prepare a equipe para entrar no clima das festas

Com uma vitrine bem decorada para as festividades, acreditamos que o restante da loja precisa acompanhar o clima, não concorda?

Por isso, é essencial motivar os seus colaboradores para que o momento seja compreendido como uma oportunidade de faturar mais. Ou seja, mostre a necessidade da equipe se integrar ao espírito decorativo!

O estímulo pode acontecer de diversas formas. Você pode oferecer uma recompensa para quem vender mais/atender mais clientes, como um dia de folga ou uma comissão extra.

Dessa maneira, o clima fica mais leve e empolgado entre os funcionários – o que os clientes, com certeza, percebem.

Para se aprofundar nesse assunto e entender como motivar os seus colaboradores, confira o nosso post sobre como calcular uma meta de vendas!

3. Faça eventos para entrar no clima de festa junina

Convide o público para eventos específicos! Essa é a data perfeita para promover sorteios temáticos, brincadeiras ou servir comidas típicas enquanto os clientes aproveitam as promoções do dia.

Isso é uma verdadeira vantagem competitiva e vai chamar toda a atenção para a sua loja.

Para organizar o dia, faça um planejamento das ações – o que envolve entender o impacto que elas poderão ter no orçamento da loja e também a avaliação do custo-benefício de cada uma delas.

Se a sua cidade não costuma ter festividades como essa, pode ser que não seja a ideia mais estratégica para a sua loja. Nesse caso, uma estratégia mais simples, como oferecer um brinde após a compra, seria mais vantajosa.

Ou seja, analise todas as variáveis para ver se o evento realmente será lucrativo.

Caso decida que sim, tente manter uma frequência de eventos na época. As festas juninas acontecem entre junho e julho, então anualmente – em meados de maio – você já pode começar a planejar a festa.

Dessa forma, os clientes criam uma relação duradoura com o seu estabelecimento e voltam todos os anos para repetir a experiência.

Veja também – 15 filmes de empreendedorismo para se inspirar

4. Desenvolva materiais de comunicação com foco nas festividades

Levar o clima e a decoração junina para fora da loja é uma ótima ideia para notificar a cidade do evento e/ou promoções festivas que você está preparando!

É bem simples, basta desenvolver materiais de comunicação com a temática das festividades de São João. Vale tudo: panfletos, mensagens no grupo de vendas do WhatsApp, outdoors, carros de som, stories e postagens no Instagram etc.

Essa é uma forma de contagiar e atrair o consumidor para o ambiente da loja. Faça um convite imperdível!

5. Faça lembrancinhas de São João para os clientes

Também conhecidas como brindes, as lembrancinhas são uma maneira de você se manter vivo na memória do consumidor. A nossa principal recomendação é apostar em objetos que têm utilidade no dia a dia.

Existem empresas especializadas nesse tipo de produto no mercado, então dá para encomendar canecas, vasos com plantinhas dentro, copos e garrafinhas personalizadas com o nome da sua loja para presentear os clientes.

E esses são apenas alguns exemplos! Estude uma forma criativa de aliar sua marca ao período de festas juninas, traduzindo isso em um brinde ou lembrancinha que combina com a personalidade do estabelecimento.

Veja também – Revenda de roupas infantis: entenda porque é um bom negócio

6. Compartilhe sua festa de São João nas redes sociais

As redes sociais são tudo na vida de quem vende, principalmente quando o assunto é marketing. Aproveite o clima festivo e os eventos promovidos na loja para divulgar a empresa no Instagram, Facebook, Pinterest, LinkedIn e o que mais tiver!

Dá para aproveitar todas as potencialidades dessas ferramentas, como o grande volume de usuários que as acessam. E o melhor: não precisamos pagar nada para manter o perfil ativo, é só ter uma boa frequência de publicações.

Além disso, não é preciso ter recursos financeiros gigantes para impulsionar postagens. Você consegue anunciar no Instagram, por exemplo, gastando, no mínimo, em torno de seis reais por dia.

Para lojas que estão começando agora, isso pode ser uma ótima estratégia para fazer mais pessoas conhecerem o local.

Ah, não esqueça do WhatsApp! Ele permite um contato mais próximo com os clientes, o que quer dizer que você pode – e deve! – enviar conteúdos personalizados para eles, como promoções, novos produtos e até mesmo convites para os eventos da loja.

Só tome cuidado com o famoso spam, uma prática negativa de enviar mensagens irrelevantes/indesejadas como uma tentativa de vender. Ele não funciona e, na verdade, será bem prejudicial para a imagem do seu empreendimento.

Para passar longe dele, mande mensagens somente para clientes que realmente têm interesse em recebê-las. Você pode ter essa informação por meio do cadastro de clientes, uma estratégia que já explicamos aqui no blog.

Pronto! Você acabou de conferir seis dicas de como aproveitar as comemorações juninas para transformar sua loja em uma verdadeira festa de vendas. São ações que, se bem planejadas e colocadas em prática, trarão ótimos frutos.

Para continuar aprendendo como otimizar o seu emprendimento, confira outros conteúdos que podem te interessar:

Estoque parado? Descubra o que fazer com a mercadoria

Viabilidade financeira: o que é e como avaliar o estudo

O que é dropshipping? Entenda a estratégia!

Compartilhe este Conteúdo

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email

Deixe um comentário